2019 está em nossas mãos

Cada vez que um ano termina, pensamos no que foi, e logo vêm as ideias e desejos para o ano que vai começar. Desejamos paz, harmonia, prosperidade, saúde, amor e toda uma série de coisas boas que, de verdade, estão em nossos pensamentos e sentimentos nessa data de renovação de esperanças. No entanto, esses bons desejos podem ser bem mais efetivos se não forem simplesmente uma espera de bênçãos, e sim, a motivação para adotarmos novas atitudes.

Desejamos paz e harmonia? Então que façamos nossos dias mais pacíficos. Que possamos lembrar disso a cada oportunidade em que o contrário está prestes a se estabelecer.

Desejamos prosperidade? Que mudanças em nossa vida financeira estamos realizando para atingir nossas metas? Temos metas?

Desejamos saúde? Como estão nossos hábitos alimentares, nossas atividades físicas e nosso tempo destinado ao lazer? Estamos agindo para prevenir possíveis doenças?

Desejamos amor? Como estão nossas relações pessoais, a qualidade do tempo que destinamos a quem amamos e nossas expectativas de perfeição em relação aos demais? Não estamos exigindo muito dos outros e esquecendo de melhorarmos também?

E isso tudo sem falar nos desejos que temos para o mundo em que vivemos. Respeitamos a natureza? Contribuímos com causas sociais? Fiscalizamos e cobramos o trabalho dos políticos que elegemos? E por aí poderiam se estender ainda muitas outras questões.

Essas indagações podem e devem nos servir como base para que nosso Ano possa ser realmente Novo, e, assim, mais próximo dos ideais que temos para uma vida melhor.

Por isso, este é o nosso verdadeiro desejo de Ano Novo: que possamos iluminar o mundo com nossa luz. Que sejamos nós a verdadeira mudança. Não é um desejo original, já que Gandhi disse isso há muito tempo. Mas não importa ser novidade. Importa ser lembrado.

2019 está em nossas mãos. Que cuidemos bem dele!

Feliz Natal e um Ano Novo de muita Luz!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *